Disney do sexo: parque erótico em São Paulo

Em 2018 teremos o primeiro parque erótico no Brasil, o Erotikaland.

Erotikaland é um projeto ambicioso de um grupo de brasileiros, com investimento estimado de 80 milhões em um espaço de 150 000 metros, em Piracicaba – São Paulo.

O parque contará com sete atrações especiais: cinema 7D, trem-fantasma, roda-gigante com cabines privadas, praça de jogos eróticos, piscina de nudismo, museu erótico e um hotel.  Os ingressos terão valor aproximado de R$ 360, com infraestrutura para atender até 3000 pessoas. Abordará o sexo de forma saudável, incentivando o uso de preservativos.

Erotikaland

Veja as atrações:

Cinema 7D: As salas funcionarão como um simulador, tecnologia já utilizada em alguns parques de diversões. Durante a projeção as cadeiras e o ambiente transmitirão as mesmas sensações do filme à platéia, como vibração, calor e frio.

“Trem dos prazeres”: o tradicional trem-fantasma recebeu uma releitura e, no lugar de monstros assustadores haverá gogo boys e gogo girls.

Roda-gigante: o monumento terá cabines fechadas produzidas por um material que impede a visualização de quem está de fora, a roda gigante pode servir como um espaço mais reservado para uma relação mais intima.

Jogos eróticos: imagine uma praça de jogos, mas no lugar de máquinas e fliperamas de luta e carros, games eróticos.

Piscina de nudismo: os visitantes poderão entrar nus no local, no entanto, não será permitido fazer sexo.

Museu erótico: o espaço receberá exposições eróticas no estilo do Love Land, da Coreia do Sul.

esculturaerotica

Hotel: o local servirá como hospedagem para visitantes. Mas, para quem se animar no parque, o hotel oferecerá um serviço semelhante a um motel, com hospedagens por períodos mais curtos que diárias.

Fonte: www.correiobraziliense.com.br


Deixe um comentário:

comentário(s)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *